quarta-feira, 21 de setembro de 2011

BLOQUEIO CONTINENTAL: o planeta sob a fome de mercado dos franceses e dos ingleses




A charge proposta para esta postagem foi produzida no início do século XIX pelo caricaturista  inglês James Gillray. A Cena criada procura retratar o clima de tensão vivido entre as duas maiores potências econômicas da época, França e Inglaterra, no exato momento em que Napoleão Bonaparte, imperador francês, decreta o Bloqueio Continental (1806), impedindo às nações do continente europeu que estavam sobre o seu domínio, de estabelecerem qualquer tipo de relações comerciais com a Inglaterra. Esta medida napoleônica visava enfraquecer a economia britânica.
Dessa forma, dotado de uma sensibilidade aguçada para tratar em suas obras de questões ligadas ao campo político e social, Gillray, fantasticamente utiliza-se de um banquete para demonstrar, ilustrar e satirizar a fome (gana) e a rivalidade destes dois grandes impérios que na charge encontram-se representados pelo Primeiro Ministro inglês William Pit (sentado à esquerda) facilmente identificado pela figura contida na cadeira em que se senta, um leão, símbolo da Grã-Bretanha, portando uma bandeira da Inglaterra e o Imperador francês Napoleão Bonaparte (sentado à direita), também facilmente identificado pelas plumas que compõe seu chapéu, nas cores azul, branco e vermelho, cores estas da bandeira francesa,  e pela águia real, símbolo utilizado por Bonaparte para representar o seu império. No centro da mesa, servido em uma bandeja como se fosse um bolo que acabara de sair do forno, muito apetitoso por sinal, está o planeta Terra que à luz daquele período encontrava-se dividido entre as pretensões francesas e inglesas.
Repare que a espada de Napoleão Bonaparte corta exatamente o continente europeu dividindo-o ou separando-o da Inglaterra, é exatamente neste ponto que se representada as pretensões napoleônicas a respeito do Bloqueio Continental, citado inicialmente neste texto. Por outro lado, percebe-se que a espada de Willian Pit corta o mundo ao meio, ficando sobre o julgo inglês toda a região do Oceano Atlântico aonde se faz presente as Américas, naquele período muito mais promissoras no sentido de mercado quanto a própria Europa.
Vale ainda salientar que esta disputa entre os dois países influenciou e muito na História de tantas outras nações, inclusive a de Portugal e da América portuguesa (Brasil). Foi fugindo da obrigação de aderir ao Bloqueio Continental e da real possibilidade de invasão do território português pelas tropas francesas que a corte portuguesa se transferiu para o Brasil e aqui passou a estabelecer relações comerciais ainda mais intensas com os ingleses. A Inglaterra ainda se beneficiaria nos processos de independência dos países americanos que resultara em nações novas, pouco industrializadas que acabaram se tornando “presa fácil” para o desenvolvido e industrializado mercado inglês. Por outro lado, o tal Bloqueio Continental trouxe sérios problemas para Napoleão Bonaparte que a partir de 1810 começava a ver seu império desmoronar.

Ficamos por aqui e antes de finalizarmos mais uma postagem, gostaria de agradecer a você que sempre tem acompanhado o blog que deverá completar em breve 10 mil acessos em apenas nove meses de criação.

Saudações históricas e um forte abraço!
Até a próxima!


7 comentários:

  1. Por que a inglaterra ficou com a maior parte do Mundo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a Inglaterra foi a primeira nação industrializada e na concepção de que se precisa arrumar mercado consumidor, ela iniciou primeiro a corrida em busca desses mercados. As nações americanas eram extremamente dependentes dos produtos ingleses, por isso a espada inglesa corta o globo sobre o oceano atlântico, ficando sob a tutela inglesa a área das Américas, já a espada francesa corta exatamente a parte do continente europeu, este dominado por Napoleão Bonaparte. Repare que a Inglaterra está de fora da fatia cortada, na verdade pretendeu-se criar relação do corte com a linha imaginária do Bloqueio Continental.

      Excluir
    2. eu acho q não a Inglaterra e safada

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  2. Qual a participação de gana no bloqueio continental?

    ResponderExcluir
  3. Gana não participou do Bloqueio Continental. Quando no texto falei sobre gana foi no sentido de grande apetite, ambição, etc. Forte abraço!

    ResponderExcluir